O Dia do Super Herói Brasileiro 2021 | Celebrando os quadrinhos nacionais

Fãs de quadrinhos tendem a dar bastante atenção ao mercado internacional nessa área. Na sua grande maioria, nas histórias publicadas por editoras como a Marvel e a DC Comics. Porém, algo interessante, e que poucos se dão conta, é que o Brasil possui o seu próprio mercado de histórias em quadrinhos com temática de super heróis, e que este está em atual ascensão.

Pode não parecer, mas temos super heróis brasileiros desde o ano 1907, com o lançamento de uma história protagonizada pelo chamado Príncipe Gilberto, considerado o primeiro personagem brasileiro com características de um super herói. Apesar disso, muitos atribuem o título de primeiro super herói brasileiro ao Príncipe Oscar, lançado em 1908, um ano depois do Príncipe Gilberto. Aqueles que não consideram esses dois príncipes como super heróis, tendem a dar o posto de primeiro herói brasileiro ao Capitão Gralha, lançado nos anos 40 e que possui características mais clássicas de um super herói (traje colado no corpo, máscara, super poderes, etc).

Príncipe Oscar, para muitos o primeiro super herói brasileiro

Hoje em dia existem muitos heróis tupiniquins espalhados por todas as mídias, desde as mais conhecidas até as mais obscuras. Desde as séries de TV (como o Capitão 7 e o Vigilante Rodoviário), os cinemas (com o Doutrinador e o Judoka), animações (Bombeiro Mascarado e Resistente) e claro, os próprios quadrinhos (aí já são praticamente todos os heróis existente, incluindo os já citados). Até mesmo o gênero japonês conhecido como Tokusatsu possui títulos nacionais nossos, como é o caso de TimerMan e os Guardiões do Poder.

Por muitos anos, essa temática se manteve obscura e extremamente “nichada” dentro do próprio mercado brasileiro. Poucos fãs de quadrinhos sabiam da existência desses personagens, e mesmo entre os que já tinham o conhecimento, muitos menosprezavam esses títulos (e ainda o fazem), dando preferência aos heróis mais conhecidos como Batman e Homem Aranha.

Mas graças aos diversos competentes artistas, mais os vários apoiadores do gênero, indo desde entusiastas, criadores de conteúdo (eu me incluo aqui), até donos de empresas e editoras, o gênero continua forte aqui no Brasil, e está cada vez mais ganhando seu espaço. E o resultado dessa perseverança estão grandes títulos como Alfa – A Primeira Ordem, Os Sete, Dragões do Futuro, Brazookas, Xamã, O Crânio, Lagarto Negro, Velta, Time da Luz, Projeto Força BR, entre vários outros.

Revista ALFA na TV Record | Nankinautas
Página de Alfa – A Primeira Ordem, contendo dezenas de super heróis brasileiros

E pra fortalecer ainda mais a temática, e além disso celebrá-la, foi idealizado o Dia do Super Herói Brasileiro. Trata-se de um evento anual, que está atualmente na sua segunda edição, onde diversos artistas e criadores de conteúdo se reúnem para trazer novidades e, como dito, celebrar os super heróis nacionais. A edição de 2020 ocorreu no dia 13 de dezembro do dito ano, e foi realizado no formato de diversas lives realizadas por vários canais do YouTube, como Elyan MeuHerói, Tentáculo, Eberton Ferreira, Editora Kimera, LDZ Escola, Valu Animation Studios, Grandes Heróis BR, Digital Comics e Rádio Esfera. Durante essas lives, tivemos anúncios, entrevistas e premiações, com a participação de diversos artistas envolvidos.

Playlist com todas as lives gravadas do Dia do Super Herói Brasileiro 2020

Em 2021, a promessa é que teremos o mesmo estilo de apresentação do ano anterior, porém com muito mais qualidade. O evento vai ocorrer no dia 24 de outubro, a partir das 10h, e terá novamente a participação de diversos canais do YouTube em lives sequenciais, trazendo novidades, conversas interessantes e premiações de HQs de muita qualidade.

Dentre as categorias que serão premiadas esse ano, estão:

-Destaque do ano;

-Melhor desenhista do ano;

-Melhor colorista/flatter do ano;

-Super herói brasileiro do ano;

-Melhor lançamento do ano;

-Homenageado do ano;

-Anjo dos super heróis brasileiros

Entre os vencedores já divulgados, estão os quadrinhos O Santo, Adriana – A Agente Laranja e Lagarto Negro, e Lume, que venceram a premiação de Destaques do Ano, segundo a votação popular.

Os vencedores do prêmio de Destaques do Ano

O homenageado do ano será Gedeone Malagola, quadrinista responsável pela criação de personagens como Raio Negro e Homem Lua.

Pra quem é fã do gênero, vale totalmente a pena ficar de olho nessa iniciativa, pois ela é sem precedentes e promete mexer (na verdade já está mexendo) no mercado de quadrinhos aqui no Brasil. E quem sabe, um dia os super heróis brasileiros não dominam as outras mídias como os cinemas e as séries de TV tanto quanio uma Marvel Studios da vida. Uma coisa é certa: o potencial existe, assim como aqueles envolvidos para aproveitá-lo.

Para saber mais sobre o Dia do Super Herói Brasileiro e o mercado do gênero em geral, confira os links abaixo:

Site oficial do evento

Instagram oficial do evento

Canal Elyan MeuHerói

Site oficial do ArteCult

Site oficial da Editora Kimera

Canal do Eberton Ferreira

Canal Grandes Heróis BR

Um comentário sobre “O Dia do Super Herói Brasileiro 2021 | Celebrando os quadrinhos nacionais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s